sábado, 27 de fevereiro de 2016

Salzburg

Ao chegarmos na cidade austríaca de Salzburg, a terra natal de Mozart, nos deparamos com uma multidão nas ruas do centro histórico. Era época do Festival de Salzburg (Salzburger Festspiele) famoso festival de música e drama realizado anualmente no verão.
 
 
 
 
Almoçamos no centro antigo e depois caminhamos pelas ruas observando a movimentação e ouvindo artistas de rua tocarem música clássica num clima gostoso de festa. As melhores apresentações do festival com artistas de renome estavam acontecendo em locais fechados, sendo apreciadas por pessoas de todo o mundo.



Centro antigo com a Fortaleza de Hohensalzburg ao fundo


Loja de chocolates Mozart



O rio Salzach, que corta a cidade


Na manhã seguinte, fomos visitar o Palácio Mirabell, atração turística na Cidade Nova, do outro lado do rio, onde também estava acontecendo o Salzburger Festspiele.
 








 

Depois de caminhar pelos belos jardins, estando sempre com ouvidos atentos ao fundo musical das apresentações que aconteciam no palácio, voltamos para a parte antiga afim de visitar a Fortaleza de Hohensalzburg. Subimos no funicular e lá do alto o visual que tivemos foi da cidade com suas cúpulas, o rio e as montanhas ao longe.








Sua construção foi iniciada em 1077 pelo arcebispo Gebhardt von Helffenstein. Mais tarde, em 1495 foi a vez do príncipe Leonhard von Keutschach reformar e ampliar a construção. Dentro, visitamos o Museu do Forte, o Museu de Marionetes e o Museu do Regimento Rainer. Depois da visita, sentamos no restaurante do local para almoçar.


Nosso almoço na Fortaleza de Hohensalzburg

 
Indo embora, na descida do funicular se passa pela Kapitel-Platz que fica ao lado da catedral. Ali uma enorme bola dourada atrai o olhar de quem passa. No topo da bola, um homem que olha fixamente em direção a montanha. A obra se chama Sphaera e é assinada por Stephan Balkenhos, faz parte do  Kunstprojekt Salzburg 2006. Já embaixo percorremos o centro antigo mais uma vez.





 
 



Loja em Salzburg com enfeites artesanais feitos de ovos


Voltamos ao nosso hotel para um descanso, porque à noite retornaríamos ao centro antigo para assistir uma exibição em tela aberta ao público de alguns concertos que ocorreram nos últimos anos do Salzburger Festspiele.





Depois de prestigiar o evento, tendo a bela vista da Fortaleza de Hohensalzburg, caminhamos pelas ruas e encontramos um local agradável para tomar uma cerveja austríaca e comer um petisco. De sobremesa, pedimos o típico Salzburger Nockerl, um suflê bem quente servido com calda de frutas vermelhas que achei delicioso!  




No outro dia partiríamos da Salzburg em direção à região de lagos austríacos de Salzkammergut, em meio aos Alpes.





Posts sobre Viagem Europa

 
 
Na Áustria: Innsbruck
 
 
 
 
 
A Rota Romântica da Alemanha - Rothemburg ob der Tauber


 
 
 
 
Alpes suíços

 

 
 

Alsácia (parte 1)